Segunda-feira, Outubro 2, 2023

Subscrição mensal do Twitter on hold após invasão de perfis falsos verificados

O alerta para os problemas com o Twitter Blue já tinha sido dado a Musk pela equipa de privacidade e segurança, com uma “equipa vermelha” a encontrar falhas na noite anterior ao dia do lançamento – nunca foram corrigidas.

Desde que o multimilionário norte-americano Elon Musk comprou a plataforma, por cerca de 44 mil milhões de dólares, no final de outubro, “libertou o pássaro”. Não é claro ainda quanta liberdade é demasiada liberdade mas o vôo destas últimas semanas tem sido muito atribulado.

Após ter anunciado que um serviço de subscrição mensal que permite aos utilizadores do Twitter pagarem por um “perfil verificado”, a plataforma foi inundada por perfis falsos, verificados com o ‘visto’ azul. Esta segunda-feira, 22, em conversa com os trabalhadores, o novo patrão do Twitter voltou a atrás e adiou o lançamento até que a existência de perfis falsos “significativos”.

Na última semana (12), o Twitter foi invadido por perfis “verificados” de figuras como Mark Zuckerberg, patrão da Meta, figuras da presidência norte-americana como Joe Biden, Donald Trump, e George W. Bush, ou de empresas como a Apple, a Nintendo ou a BP.

Segundo fontes internas, foi ignorada revisão do Twitter Blue em matéria de privacidade e segurança. Várias falhas foram encontradas por uma “equipa vermelha” na noite que precedeu o lançamento. Nem o lançamento foi adiado, nem as falhas resolvidas.

Elon Musk reagiu.. No Twitter para confirmar a suspensão do Twitter Blue até que “estejam seguros de que conseguem parar as personificações”.

Tentámos contactar o Twitter mas, entre despedimentos e demissões, a empresa está sem gabinete de comunicação. 🙂

Relacionadas:

EUA querem defender-nos da Inteligência Artificial

A “Blueprint for an AI Bill of Rights” assenta...

Algoritmo prevê acções de jogadores de vólei em mais de 80%. É este o fim das apostas desportivas?

A "antecipação da acção" consiste na utilização de informação...

Pilares da Criação: uma maternidade de estrelas no meio de gás e poeira

Passaram quase 30 anos desde que o telescópio Hubble...

Conteúdos de TV representam quase metade de toda a pirataria na internet

Entre os conteúdos mais pirateados estão programas de televisão,...